.

.

jueves, 10 de agosto de 2017

Samakuva Desmente Rumores

Fonte :KUP
Samakuva desmente rumores sobre despedimentos de funcionários e guerra
Comício-Malanje-26-750x430.jpg
No prosseguimento da sua campanha eleitoral, o Presidente da UNITA trabalhou esta quarta-feira, 9 de Agosto de 2017, na sede municipal de Dala na Lunda Sul.

No seu discurso proferido para grande moldura humana, o Presidente da UNITA, Isaías Samakuva, exortou a população desta parcela do país a votar no número 1, tendo mostrado ilustrado a forma correcta de votar no seu partido, na posição número 1 do boletim de voto.

O líder da maior força política na oposição em Angola, demonstrou que, os medicamentos, mesmo quando aparecem vão parar nas casas de particulares, apontando que, os dirigentes do partido no poder não fizeram aquilo que tinham prometido.

Apelou a população daquela municipalidade da Lunda-Sul e os angolanos no geral, para no dia 23 de Agosto votarem na UNITA, incentivando todos os membros, militantes, simpatizantes e amigos do seu partido a trabalharem intensamente, ensinando a todos eleitores a forma como devem votar.

O responsável da segunda maior força política do país, constatou grande sofrimento do povo em todas as províncias.

“Nós queremos que o país mude, o povo em toda Angola, está-nos a dizer que há muito sofrimento”, afirmou sublinhando que votando na UNITA o sofrimento acaba e a vida de todos angolanos melhora.

“A UNITA vai mesmo mudar a vossa vida, o emprego vai aparecer, os medicamentos vão aparecer. Nós cumprimentos com aquilo que nós prometemos”, assegurou Isaías Samakuva.

Na ocasião disse que, “há muita riqueza que pode servir os filhos daqui da terra”, encorajando a população da Lunda-Sul, a terem coragem de mudar a actual situação do país, do mesmo modo como os nossos antepassados tiveram coragem de pegar em armas e libertar-se do colono.

“Nós temos de ter também coragem”, exortou, reforçando a mensagem de que a UNITA não vai despedir funcionários públicos e desmentiu rumores que circulam de que haverá guerra, caso a UNITA ganhe as eleições de 23 de Agosto.

“Ninguém vai fazer guerra, ninguém vai tirar ninguém do trabalho”, reafirmando o convite de todo povo votar na UNITA para a salvação de todos os angolanos.

“O voto é no número? Todos mesmo, todos, número 1 é a nossa salvação”.
www.unitaangola.org